terça-feira, 1 de agosto de 2017

Barulho



É tarde da noite, mas o silêncio ainda não chegou....
Do vizinho.... ouço barulho de máquinas,
No andar de baixo... louças estão sendo guardadas.
No vão oposto a televisão está ligada.
E na rua os carros passam acelerados.
O ventilador no seu circular, deixa um barulho pelo ar.
O vento corre ligeiro fazendo o corpo arrepiar.
As telhas se movem devagar,
O telefone agora toca sem parar....
A respiração parece ofegar...
O armador range ao fazer a rede balançar,
Ouço barulho em todo lugar....

Carla Castro
A poesia que revela o cotidiano...

terça-feira, 24 de março de 2015



Noite de Chuva

A noite derrama lágrimas sem parar.
A chuva que cai devagar,
faz a lembrança se avivar...
Pingos no chão caem a se esparramar...
as nuvens carregadas logo vão se esvaziar,
junto com o choro que não quer passar.
O frio faz o corpo arrepiar..
A noite de chuva irá demorar...


Nublado

Não sei se é noite ou se é dia...
O Nublado confunde a minha retina....

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Quisera






Quisera nesse banco contigo sentar...
E beijar-te sem cessar...
Por horas e horas a te contemplar...
......Sem fim te amar....

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Volta




Fecho os olhos pro tempo voltar...
E num breve instante ...
Você chega devagar....

Sinto suas mãos a me acariciar.....
De leve nos meios seios a pousar,
 desliza sem pressa de me amar.....

Sinto sua boca a me beijar.....
Seus dentes estão a me marcar....
Tua língua a me vasculhar....

Meu corpo  estremece...sem parar......



segunda-feira, 21 de abril de 2014

A Chuva

Enquanto pulo
desviando das poças,
Ela me alcança
E me embala na dança.
Torço para não me molhar,
Mas é impossível me esquivar,
Ela se rebola pra todo lugar...
As gotas não param de pingar....
Corro da chuva que vem me banhar....

domingo, 23 de março de 2014

Despedida




Despedida


Jamais me despeço....
Quando quero ir embora,
Apenas passo pela porta....

Não sou de dar adeus...
Escrever bilhete ou deixar cartas....
Apenas levo a minha bagagem.....

Não estranhe se eu desaparecer....
Despedida não irei fazer....
Apenas não irá mais me ver.....